fbpx
Alberto Shimahara

Palestrante

Alberto Shimahara
Mestre em Engenharia Mecânica pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), conta com mais de dez anos de experiência em desenvolvimento de aplicações e treinamentos voltados a Model-Based Design com ênfase na Indústria Automotiva.

Data

01 nov 2018

Horário

10:00 - 11:00

Gerando código de acordo com a  ISO® 26262

Webinar gratuito

Os recursos funcionais de segurança são parte integrante de cada fase de desenvolvimento do produto automotivo. Estão presentes desde a especificação e projeto, passando pela implementação, integração, verificação, validação até a liberação da produção. Com isso, a indústria sentiu a necessidade da criação de um padrão que regulasse a segurança. E foi assim que foi criada a ISO 26262, que regula a segurança funcional de equipamentos automotivos. A ISO 26262 constitui um padrão que se aplica ​​durante todo o ciclo de vida dos sistemas relacionados à segurança eletrônica e automotiva. A ISO 26262 foi definida pela International Organization for Standardization em 2011.

Quer saber como desenvolver sistemas de alta integridade e geração de código de acordo com a ISO® 26262?

Participe do webinar “Gerando código de acordo com a ISO 26262″, com apresentação do Engenheiro de Aplicação Alberto Shimahara. Nós mostraremos como o Model-Based Design pode auxiliar no desenvolvimento desses projetos.

 

SOBRE A ISO 26262

A primeira edição da ISO 26262, publicada em 11 de novembro de 2011, destina-se a ser aplicada a sistemas elétricos e / ou eletrônicos instalados em “veículos de passageiros de produção em série” com um peso bruto máximo de 3500 kg. Destina-se a abordar possíveis perigos causados ​​pelo comportamento de funcionamento de sistemas eletrônicos e elétricos.

Embora intitulado “Veículos rodoviários – Segurança funcional”, a norma refere-se à segurança funcional dos sistemas elétricos e eletrônicos, bem como dos sistemas como um todo ou de seus subsistemas mecânicos.

Como seu padrão “pai”- a IEC 61508 – a ISO 26262 é um padrão de segurança baseado em risco, onde o risco de situações operacionais perigosas é avaliado qualitativamente e medidas de segurança são definidas para evitar ou controlar falhas sistemáticas e para detectar ou controlar falhas aleatórias de hardware ou mitigar seus efeitos.

Assista o vídeo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »