fbpx

PUC-Rio garante uso remoto do MATLAB aos alunos e professores

PUC-Rio garante uso remoto do MATLAB aos alunos e professores
  • Como tem sido o dia a dia dos alunos e professores com o uso do MATLAB na PUC-Rio?
  • Um dos melhores acontecimentos recentes do CTC (Centro Técnico Científico) da PUC-Rio foi o convênio Total Academic Headcount (TAH), para uso remoto do MATLAB, pelos estudantes. Os professores estão modificando seus materiais didáticos, para explorar a nova ferramenta.
  • De que forma os professores têm desenvolvido novas atividades e adaptado o MATLAB a sala de aula? 
  • O material de aula dos professores está sendo remodelado.  Neste semestre, foi criada uma disciplina, para dar treinamento a professores e alunos.  Os professores que já usavam o MATLAB antes do TAH têm sido mais ágeis na atualização do material didático, pois agora o convênio permite o uso oficial e indiscriminado da ferramenta.  Isso faz muita diferença.
  • O material de aula dos professores foi remodelado para uso do MATLAB? Que vantagens o professor ganhou em dinâmica em sala de aula?
  • Para os professores, que já estão utilizando, o ganho tem sido muito grande, conforme depoimento a seguir, do professor Márcio Carvalho, professor do Departamento de Engenharia Mecânica do CTC/PUC-Rio: “Comecei a usar o MATLAB este ano na graduação, nas aulas de Métodos Numéricos para Engenharia Mecânica, com alunos de 7º e 8º períodos, e com todos os recursos que o programa oferece, a aula ganha em dinâmica e o aprendizado é facilitado”.
  • Como a PUC vem utilizando os recursos do MATLAB em sala de aula?
  • Algumas disciplinas, tais como as de métodos numéricos, estão usando o MATLAB como ambiente padrão de desenvolvimento.  Outras disciplinas utilizam o MATLAB para realização de trabalhos e programas de simulação.
  • Que diferenciais o senhor pode citar que gerarão diferencial para os alunos em formação e pós-formandos?
  • O MATLAB é um ambiente de desenvolvimento de simulação computacional muito amigável e relativamente simples.  É útil em diversas atividades profissionais do engenheiro, dos matemáticos, físicos e economistas.  Pode ser utilizado em várias áreas da Engenharia, como por exemplo: elétrica, mecânica, química e também na área financeira.  O programa permite uma prototipagem rápida de uma simulação, com visualização de gráficos e resultados dos mais variados tipos.  Isso dá um poder muito grande ao aluno em formação ou a recém formado.  O engenheiro ou economista, que está acostumado com a ferramenta, tem um enorme diferencial na sua atividade profissional.
  • Como o TAH tem ajudado a PUC-Rio no ensino da graduação?
  • O MATLAB já estava relativamente bem difundido na comunidade de pós-graduação da PUC-Rio, devido aos projetos de pesquisa dos professores pesquisadores.  Esse uso foi intensificado, porém o maior ganho tem sido no ensino de graduação.
  • Como é o atendimento pós venda para o TAH?
  • Tenho feito algumas consultas ao pessoal da OPENCADD (em particular ao Flavio Pol).  Ele sempre responde prontamente e tem ajudado muito.  Por outro lado, tenho recebido alguns pedidos de tool-boxes adicionais, em relação aos que estão incluídos no TAH com a PUC-Rio.
  • Vocês estão pensando ou fazendo competições utilizando o MATLAB e Simulink para disciplinas que se relacionam a projetos?
  • Sim, o objetivo é explorar o MATLAB cada vez mais nas disciplinas de projeto, por meio de competições ou de projetos integradores.  Os professores de disciplinas de projeto, que já tinham prática com o MATLAB, antes do TAH conseguem explorar a ferramenta com mais intensidade em suas disciplinas.  Entretanto, é preciso intensificar mais o uso do MATLAB para conseguir uma mudança efetiva de metodologia de ensino nas disciplinas de projeto.
  • O uso do MATLAB pode ajudar no médio prazo na melhoria das notas do ENADE dos alunos, pela facilidade de abordagem e solução de problemas, de que forma a PUC tem aproveitado esse potencial em sala de aula e em simulados preparatórios?
  • Este ano ocorrerá o exame ENADE para avaliação dos alunos formandos em Engenharia.  A ideia de explorar o MATLAB para simulados preparatórios é muito boa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »